Lojas da coca cola no rio de janeiro*

Fotos da antiga Belo Horizonte: de volta ao passado

Fotos da antiga Belo Horizonte: de volta ao passado

Em minha bela Belo Horizonte, cidade que eu amo de coração e onde meu código DNA já se encontra há quatro gerações (minha avó materna, minha mãe, eu e minha filha, nascemos todos por aqui) aconteceram e acontecem histórias e mais histórias inusitadas, intrigantes, impressionantes e no mínimo curiosas

Neste artigo vou contar várias histórias, porém de maneira diferente do convencional

O leitor escolherá o tema, o enredo, o início e o fim

Apenas o cenário será o mesmoMuito obrigado pela visita e comentrioNo apenas permito, como agradeo muito suas observaes que enriquecem muito o artigo, esclarecendo ainda mais o tema para o leitor DuniversoGrande abrao, e volte sempreamo muito fotos antigasSr.

Neste jogo visual-mental, cada um imaginará, vivenciará ou simplesmente recordará, ao passear dos olhos por estas belíssimas imagens de outros tempos da “Menina de Minas” (algumas do século XIX)

Será uma viagem no tempo!

Aproveite e divirta-se

Você se lembra de algum “causo” para contar? Conte aqui e compartilhe com a gente!

Bonde em Belo Horizonte (1901)

Palácio da Liberdade em construção (1900)

Praça da Liberdade (1905)

Altar-mor (entre 1894 e 1895)

Palácio do Congresso (entre 1894 e 1895)

Rua General Deodoro (entre 1894 e 1895)

Comissão Construtora da Nova Capital (1895)

Entrada da Rua do Capão (1895)

Imediações da rua Sapucaí (1900)

Av Afonso Pena (1920)

Av Afonso Pena vista da Praça da Rodoviária (1930)

Comércio na Av Afonso Pena (1920)

Av mazonas (1947)

Praça Sete de Setembro (1930)

“… Contudo a foto que retrata a Rua da Bahia em 1910, apesar de assim mencionada, acredito haver algum engano Em 1910 jamais teríamos tantos carros naquele pequeno trecho tomado defronte ao Teatro Municipal, posteriormente Cine Metrópole e mais tarde uma agência bancária – ou seja nada

Bomba de gasolina (1920)

Vista panoramica do centro (1940)

A capital nos dias de hoje: contraste definitivo!

Se você é autor ou tem direitos sobre algumas destas imagens, por favor nos envie os dados para acrescentarmos os créditos, se for o caso

E caso seja o detentor dos direitos e não deseja sua publicação aqui no Duniverso, basta entrar em contato através do e-mail: jferreira3009@gmailcom que removeremos imediatamente

Graduando em TECNOLOGIA EM MULTIMÍDIA DIGITAL pela UNISUL Iniciei minha carreira como “Desenhista” de prancheta Arte-finalizava tudo manualmente também fazendo trabalhos esporádicos de Jornalismo Social Fundei o Portal Duniverso em 2009 iniciando de vez minha saga pelo jornalismo o qual me apaixonei Vida inteligente na WEB

23 Comments

Orguilho de morar aqui e ser “minêro”! 🙂

Eu também, Elvis!

EXCELENTE fotos PARABÉNS! Nasci em BH, mas meus pais já moravam em Juiz de Fora AMO AS DUAS CIDADES! Para minha felicidade, casei-me em JF no dia do Aniversário de BH (12/12)!… Meus pais adorarão ver essas MARAvilhosas fotos! Obrigada!

Ficamos muito felizes que o artigo tenha agradado a você e a seus pais!

Obrigado pelos elogios!

Grande abraço e volte sempre!

Isto que nos faz cada vez mais apaixonados por fotografia

Sou do Rio de Janeiro e moro aqui em BH a 10 anos

Amo Bh assim como amo fotografia

E esses dois amores juntos é simplesmente mágico

Queria ter uma máquina do tempo e ir direto pra essa épocarsrsrs grande abraço a todos

Também queria ter esta máquina, rsrs!

Lindas as fotos sou mineiro e amo BH

Meu avo veio do Carmo do Rio Claro pra BH em 1930, ele me conta sempre como BH era na epoca, pequena, a cidade acabava na praca da liberdadeAgora eh uma metropole, tenho muito orgulho de ser mineiro…

Estou c/ lagrimas nos olhos porque vi as imagens mais antigas da cidade na qual nasci e vivi até hoje e AMO DEMAIS ,MUITO OBRIGADO , Tomé Ferreira

O prazer é todo meu Juscelino!

Fico extremamente feliz que tenha gostado!

nossaaaaaaaaaaaa e velho):Mqis legal

sou bia me adiçoni

Tomé, também sou um grande apreciador e leitor sobre a história da nossa querida BH

No mais parabéns pelo seu trabalho

Muito obrigado pela visita e comentário!

Não apenas permito, como agradeço muito suas observações que enriquecem muito o artigo, esclarecendo ainda mais o tema para o leitor Duniverso!

Grande abraço, e volte sempre!

amo muito fotos antigas

SrTome Ferreira, boa noite, você não tem fotos da Rua Alem Paraíba, nos anos 1967, caso tenha favor enviar me, e muito importante para mim

muito obrigado, Flavio

Tente o link abaixo que contém várias fotos antigas, sendo uma delas da rua citada Porém a data não está muito precisa

Espero que atenda

Parabéns pela iniciativa de publicar fotos antigas de BH

Assim como você, sou belo-horizontino da gema e apaixonado por esta cidade

Nasci e fui criado no edifício Teodoro, que fica na esquina de Afonso Pena com Tupinambás, em cima do tradicionalíssimo Café Palhares

Sou da época dos fícus na Afonso Pena, dos blocos caricatos, e de tantas coisas boas que não voltam mais

Não voltam, mas podem ser resgatadas através da fotografia

A propósito, você teria uma foto antiga da Igreja Nossa Senhora das Dores, que fica ali na avenida do Contorno, no bairro Floresta?

Uma foto que mostre a escadaria da igreja nos bons tempos em que ainda não existia o ajuntamento de lojas que hoje domina a paisagem?

Se tiver e puder me enviar, agradeço

Com sua permissão, pretendo publicar esta foto em meu blog (wwwcaminhadaorg), que também fala de BH, mostrando como era a igreja naquela época

Desculpe a demora em aprovar seu comentário Deu uma pane no sistema WordPress

Muito obrigado pelas palavras!

Se achar algo da Igreja, lhe aviso

preciso de algumas fotos da antiga fabrica de cimento ”Itaú ” entre as cidades de Pedro Leopolco e contagen principalmente das ”caçambas que carregavam o Minerio ou pedras para fazer o cimento

preciso de imagens antigas da ”cimenteira Itaú ” principalmente das caçambas”teleférico que transportava a materia prima de Pedro Leopoldo para Contagem

Olá Procuro fotos antigas da rua tucuman Do bairro São Geraldo bhdécada de 70

Se encontrar algo, lhe aviso

Sou paulista, mas o coração é mineiro!

Amo essa cidade!

o pão de queijo,

Ó Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais!